Tecnologia

Conheça 6 tendências de cloud computing para 2022

Compartilhe

A cloud computing (computação em nuvem) chegou para ficar. Isso porque ela dá suporte para diversas faces da transformação digital e possibilita que as demais inovações em tecnologia sejam ainda mais rápidas, acessíveis, seguras e assertivas. Assim, além de ser uma ferramenta incrível para empresas, impacta também na vida de pessoas que talvez nem percebam que a utilizam.

Por que a nuvem é tão importante?

As tendências de cloud para 2022 mostram que as ferramentas permanecerão evoluindo e se integrando, cada vez mais, à rotina das pessoas e dos negócios. Os recursos da computação em nuvem, por exemplo, estarão cada vez mais qualificados para solucionar demandas do dia a dia das pessoas, do trabalho remoto, do mercado digital e da gestão de dados das empresas.

  1. Nuvem híbrida 

A nuvem pública utiliza a infraestrutura e os serviços de computing em um provedor terceirizado e compartilhado entre vários usuários e organizações. Ela oferece flexibilidade e escalabilidade a um melhor custo-benefício. Já na nuvem privada, os serviços têm base nos servidores privados de uma organização. Essa infraestrutura exclusiva, por sua vez, é mais cara e conta com maior privacidade e segurança para os dados.

Na estrutura híbrida, é possível manter informações em dois servidores distintos, conforme a necessidade de acesso e segurança. Documentos que precisam ser acessados com mais frequência podem ficar em um ambiente público, enquanto os dados sensíveis da empresa permanecem em uma nuvem privada, com controle de acesso.

  1. Automação da nuvem

Os ambientes híbridos são mais complexos e a automação pode auxiliar na gestão das informações e serviços, assim como a automação facilita rotinas fora da nuvem e elimina atividades antes feitas de forma manual.

  1. Edge Computing 

A edge computing (computação de borda) se baseia em uma rede de data centers de borda que processa e armazena dados de forma local, otimizando o uso dos dispositivos eletrônicos conectados à internet. Ao invés de levar todas as informações para a nuvem, a tecnologia “filtra” os dados e transmite apenas o que é realmente necessário, diminuindo o tráfego e a latência.

  1. Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial (IA) também não é novidade, mas em termos de computação em nuvem, pode evoluir ainda mais. Por meio de IA é possível tomar decisões, gerenciar dados, otimizar fluxos de trabalho e obter insights preciosos para os negócios. No ambiente da nuvem, essa tecnologia é mais flexível e exige um investimento relativamente mais baixo.

  1. Games

O universo dos games não para de crescer e os jogos em cloud computing são mais uma tendência para 2022. A ideia é que os usuários possam selecionar um jogo e começar a partida na nuvem, sem precisar de um dispositivo específico e apto para jogar.

  1. ESG

ESG (Environmental, social and corporate governance) é a sigla em inglês para governança ambiental, social e corporativa. Muitas empresas já adotam esses temas como prioridade e a computação em nuvem é mais uma eficiente aliada para reduzir a pegada ambiental, já que um data center físico exige espaço, gastos com eletricidade e climatização. A longo prazo, pode ser um investimento que contribui para a redução de custos das organizações.

Com a computação em nuvem, empresas podem ir mais longe e proporcionar um ambiente mais propício à produtividade para seus colaboradores. A Nexsul oferece soluções Cloud Web para empresas que querem manter seus dados e aplicativos seguros e acessíveis a partir de qualquer lugar e dispositivo conectado à internet.

Quer saber como a computação em nuvem pode ser útil para o seu negócio e conhecer todas as vantagens dessa tecnologia? Entre em contato conosco hoje mesmo e converse com um dos nossos consultores.

Compartilhe

51 99520-0098 0800-643-8006